O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original, inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista.
  • Contém Carta de Submissão (cover letter) assinada.
  • Contém Página de título e identificação preenchida.
  • O autor submetente preencheu no sistema os metadados de todos os autores com nome completo, e-mail, país e ORCID.
  • A Declaração de Direitos Autorais deve estar assinalada no sistema com a concordância do(s) autor(es).
  • Contém Declaração de Aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, em caso de pesquisa envolvendo seres humanos.
  • A estrutura do texto está de acordo com sua modalidade.
  • O manuscrito está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • Todas as margens com 2,5cm; fonte Arial 12; espaçamento entrelinhas 1,5 (inclusive resumo, ilustrações, agradecimento e referências), com recuo especial na primeira linha de 1,25 cm.
  • Todas as páginas estão numeradas.
  • Contém resumo em português e inglês, com palavras-chave e keywords que constem no índice de Descritores em Ciências da Saúde (DeCS).
  • As citações estão identificadas por sistema numérico, representadas no texto com os números correspondentes sem parênteses e sobrescritos, antes do ponto, sem mencionar o nome dos autores.
  • As tabelas e figuras estão identificadas conforme orientações e numeradas por ordem de inserção no texto.
  • As referências estão no Estilo Vancouver, numeradas por ordem de citação no texto.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores.

Diretrizes para Autores

A Revista de Saúde Pública do Paraná (RSPP) não aceitará publicações de textos já apresentados em outros veículos, tanto na íntegra quanto parcialmente. Portanto a contribuição deve ser original, inédita e não estar sendo avaliada para publicação por outra revista.

A RSPP não realiza cobrança para processamento e envio dos artigos. O encaminhamento do manuscrito, anexos e o preenchimento de todos os dados são de inteira responsabilidade do autor que está submetendo o manuscrito. As opiniões, conceitos e a exatidão das citações expressos nos trabalhos são de exclusiva responsabilidade dos autores, não refletindo posição do Conselho Editorial da Revista de Saúde Pública do Paraná.

Os textos deverão ser encaminhados no idioma Português (BR) através do sistema OJS (Open Journal Systems).

O nome completo de cada autor, instituição de origem, país e e-mail devem ser informados apenas nos metadados e na página de título e identificação, como documento suplementar, ambos por meio do OJS. O conselho editorial assegura o anonimato dos autores no processo de avaliação por pares, bem como o anonimato dos avaliadores e sigilo quanto a sua participação. É de responsabilidade do autor acompanhar o processo de submissão via sistema OJS.

Para a avaliação dos trabalhos, os autores deverão assinalar sua concordância com a “Declaração de Direitos Autorais” do CREATIVE COMMONS, o qual consta no item Declaração de Direito Autoral. Ao clicar no ícone do CREATIVE COMMONS (This obra is licensed under a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0) será aberta uma página que contém (em vários idiomas, inclusive o português) as condições da atribuição.

AUTORIA

Os critérios de autoria devem basear-se nas deliberações do ICMJE, o qual determina que o reconhecimento da autoria deva basear-se em contribuição substancial relacionada aos seguintes aspectos:

  1. Concepção do projeto ou análise e interpretação dos dados;

  2. Redação do artigo ou revisão crítica relevante do conteúdo intelectual;

  3. Revisão e /ou aprovação final da versão a ser publicada;

  4. Ser responsável por todos os aspectos do trabalho na garantia da exatidão e integridade de qualquer parte da obra. Estas quatro condições devem ser integralmente atendidas.

Os autores devem acrescentar seu código ORCID no sistema OJS. Caso os autores não tenham ainda seu ID ORCID recomendamos inscrever-se previamente em www.orcid.org.

Quanto aos metadados, o autor submetente deve informar no sistema OJS o título, o nome completo de todos os autores – quando houver mais de um, seus respectivos códigos ORCID, e-mail e país, bem como a principal vinculação institucional de cada um deles, órgão(s) financiador(es) e endereço para contato eletrônico para correspondência. Não há limite de número de autores, desde que todos preencham os critérios de contribuição.

Considerações relativas à ordem de citação dos autores são de responsabilidade dos mesmos e devem ser resolvidas antes da submissão. Todas as pessoas designadas como autores devem responder pela autoria dos manuscritos e ter participado suficientemente do trabalho para assumir responsabilidade pelo seu conteúdo.

Os autores devem respeitar normas éticas para a publicação dos trabalhos, sendo obrigatória a citação adequada de trabalhos de outros autores e o respeito aos direitos autorais em material protegido por copyright. As submissões passarão por análise de plágio em base de dados e softwares adequados para este fim. As submissões em que plágio for detectado serão rejeitadas.

Os autores deverão informar possíveis conflitos de interesse, sejam políticos e/ou financeiros, que possam influenciar seu trabalho. Também deverão enviar as políticas dos financiamentos recebidos caso a pesquisa envolva ensaios clínicos.

É de responsabilidade dos autores manterem seus e-mails atualizados para receber todas as comunicações, bem como comunicar a revista qualquer problema que possa ocorrer neste sentido.

Para auxiliar na(s) submissão(ões), o(s) autor(es) pode(m) consultar o passo a passo.

 

DOCUMENTOS PARA SUBMISSÃO

Declaração de Direitos Autorais

O documento deve ser assinalado pelo autor submetente, ao iniciar a submissão, conforme orientações prestadas anteriormente, não caracterizando como documento suplementar uma vez que se encontra vinculado ao sistema.

Página de título e identificação

O autor, no momento da submissão dos arquivos no sistema OJS, deve anexar este documento suplementar preenchido com título em português e inglês, identificação de todos os autores (nome, ORCID e e-mail), titulação máxima, filiação (instituição, cidade, estado e país) e a informação do autor designado como correspondente, com endereço físico e eletrônico.

Carta de submissão (COVER LETTER)

Deve ser dirigida ao Editor Científico, assinada pelo autor submetente, e deve ser anexada como documento suplementar no momento da submissão. A carta deve conter: a) título completo do manuscrito submetido; b) afirmação de que sua apresentação é exclusiva para a Revista; c) declaração de compromisso em inserir corretamente os metadados do manuscrito, com o nome e dados de todos os autores responsáveis pela submissão; d) declaração que evidencie a principal contribuição científica do manuscrito submetido e sua adequação ao escopo da Revista (porque é pertinente ao público-alvo da RSPP). Além disso, se existir, manifestação de interesse e disposição em atuar como revisor de, pelo menos, um manuscrito em futuras edições da mesma.

Declaração de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP)

Para pesquisas que envolvam seres humanos deverão ser indicados os procedimentos adotados para atender o constante da Resolução nº 466, de 12 setembro de 2012, do Conselho Nacional de Saúde. Deverá também ser indicado o número de protocolo de aprovação do projeto de pesquisa e a data de aprovação no CEP, dados estes que deverão constar no último parágrafo da metodologia do trabalho. A Declaração de aprovação do CEP (digitalizada e em formato PDF) deverá ser anexada no momento da submissão, no passo “Transferência de Documentos Suplementares”.

 

MANUSCRITOS

TIPOS DE TRABALHOS ACEITOS

Editorial: de responsabilidade de editores, podem ser redigidos por convidados, mediante solicitação do editor-chefe. Máximo de 800 palavras.

Cartas ao editor: comentários sobre material publicado. Máximo de 800 palavras.

Artigos originais: contribuições destinadas a divulgar resultados de pesquisa científica inédita, que possam ser replicados e/ou generalizados, e também formulações discursivas teorizantes e pesquisas de metodologia qualitativa. Devem possuir no máximo 6.000 palavras e cinco ilustrações (tabelas e/ou figuras, entre outros) e resumo informativo com até 150 palavras.

Artigos de revisão: trabalhos que apresentam como método de pesquisa a síntese de múltiplos estudos publicados e possibilita conclusões gerais a respeito de uma particular área de estudo, podendo ser revisões bibliométricas, sistemáticas ou integrativas. Não serão aceitas revisões narrativas (que não indiquem as fontes de informação utilizadas, a metodologia para a busca de referências, nem os critérios utilizados na avaliação e seleção de trabalhos). Devem possuir no máximo 5.000 palavras e quatro ilustrações e resumo informativo com até 150 palavras.

Relatos de Experiência: trabalhos que relatam experiências inovadoras em saúde, com potencial de extrapolação e possibilidades de aplicação em outras realidades. Essa modalidade de submissão engloba relatos de projetos aplicativos ou projetos de intervenção, devendo conter objetivos e as formas para alcançá-los. Todo o relato de experiência que envolver seres humanos, sejam eles funcionários, pacientes, alunos e/ou instituição que permita o reconhecimento da identidade de alguma forma, deve também apresentar aprovação de Comitê de Ética em Pesquisa. Devem ter no máximo 5.000 palavras e quatro ilustrações.

Comunicações breves: relatos curtos de contribuições de interesse para a saúde pública, cujo conteúdo não comporte análises e discussão de maior abrangência. Limita-se a 2.000 palavras e uma figura, com resumo informativo até 100 palavras.

 

ESTRUTURA DO TEXTO

O texto manuscrito de artigo original e artigo de revisão deve seguir a estrutura conhecida como IMRD: Introdução, Métodos, Resultados e Discussão (Estrutura do Texto). Os elementos desta estrutura devem conter:

Introdução: apresentação do tema, definição do problema de pesquisa, revisão da literatura e objetivo. Método: metodologia empregada, descrição da amostra estudada, participantes do estudo ou fonte de dados, local de realização da pesquisa (sem citar o nome da instituição, a menos que haja autorização prévia), data da coleta de dados, técnica utilizada na coleta de dados, critérios de seleção da amostra. Todo o método deve estar escrito de forma clara, objetiva, compreensiva e completa. Inserir que a pesquisa obedeceu aos padrões éticos e, se for o caso, inserir o número do protocolo de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, no último parágrafo desta seção. Resultados: apresentado com uma sequência lógica. Se houver tabelas, gráficos ou figuras as informações devem ser complementares, imediatamente ao texto em questão. Discussão: deverá seguir a mesma sequência dos resultados, com a comparação/discussão com a literatura e a interpretação dos autores. Conclusão ou Considerações Finais: destaque aos achados de maior importância e comentários sobre as limitações e implicações para futuras pesquisas.

Relatos de experiência e comunicações breves devem seguir a mesma estrutura do artigo original ou de revisão, porém podem ter Resultados e Discussão em uma mesma seção. Este formato também pode ser utilizado para manuscritos de pesquisa qualitativa.

Os ensaios clínicos (estudos experimentais randomizados) devem ser registrados previamente, conforme exigência da Organização Mundial da Saúde e do Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas. O registro deve ser realizado em plataforma que atenda os critérios destas duas organizações. É condição para publicação que o número do registro do ensaio clínico conste em nota de rodapé, na página de identificação do manuscrito. Mais informações podem ser acessadas em: http://www.icmje.org/recommendations/browse/publishing-and-editorial-issues/clinical-trial-registration.html.

 

FORMATAÇÃO

Os trabalhos devem ser redigidos de acordo com o Estilo Vancouver, norma elaborada pelo ICMJE (http://www.icmje.org), não devendo constar o nome dos autores na elaboração do texto, conforme exemplo a seguir:

Exemplo: CORRETO: Estudo realizado por pesquisadores brasileiros...1.

INCORRETO: Silva (2010) realizou estudo...

  • Formato: devem ser encaminhados em Word, OpenOffice ou RTF

  • Todas as páginas numeradas

  • Margens da página configuradas em 2,5 cm cada
  • Fonte Arial 12

  • Espaçamento entrelinhas 1,5 (inclusive resumo, ilustrações, agradecimento e referências) com recuo especial na primeira linha de 1,25 cm

Devem ser escritos de maneira objetiva, mantendo a linguagem adequada ao estudo, bem como ressaltando a terminologia científica condizente. Recomenda-se que o(s) autor(es) busque(m) assessoria linguística profissional (revisores e/ou tradutores certificados nos idiomas do texto), antes de submeter(em) os manuscritos para verificação de incorreções/inadequações morfológicas/sintáticas, idiomáticas ou de estilo. Deve ser evitado o uso de primeira pessoa do singular, como “meu estudo”, ou da primeira pessoa do plural, como “percebemos...”. Os títulos das seções textuais devem ser destacados gradativamente, sem recuo e sem numeração, com as seções mantendo o padrão gráfico em seus níveis hierárquicos.

DEVE CONTER:

TÍTULO/SUBTÍTULO: centralizados em caixa alta e negrito.

RESUMO: resumo informativo, informando ao leitor finalidades, metodologia, resultados e conclusões do documento. Deve conter no máximo 150 palavras, composto de uma sequência de frases concisas, afirmativas e não de enumeração de tópicos, em parágrafo único, sem espaçamento de linhas ou recuo. A primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal do documento. Deve ser utilizado verbo na voz ativa e na terceira pessoa do singular.

PALAVRAS-CHAVE: devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão Palavras-chave e separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto. Utilizar de 3 a 5 descritores. Os descritores devem constar no índice dos Descritores em Ciências da Saúde DeCS (http://decs.bvs.br).

ABSTRACT/KEYWORDS: logo abaixo, inserir o ABSTRACT/KEYWORDS do documento em inglês.

CITAÇÕES: deve ser utilizado o sistema numérico para identificar as obras citadas. Representá-las no texto com os números correspondentes sem parênteses e sobrescritos, antes do ponto, sem mencionar o nome dos autores. Quando se tratar de numeração sequencial, separar os números por hífen, quando intercaladas devem ser separadas por vírgula. Em caso de transcrição de palavras, frases ou parágrafos com palavras do autor (citação direta), devem ser utilizadas aspas na sequência do texto até três linhas (sem itálico) e referência correspondente. Em caso de citação com mais de três linhas, colocar em outro parágrafo, com recuo de 2,5 cm e referência correspondente. Supressões devem ser indicadas pelo uso da reticência entre colchetes [...]. Em caso de transcrição de falas de participantes de pesquisa, deve haver recuo de 2,5 cm e aspas.

REFERÊNCIAS: a Revista adota os “Requisitos uniformes para manuscritos submetidos a Revistas Biomédicas”, publicado pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas, Estilo Vancouver, disponível no site: http://www.icmje.org ou http://www.bu.ufsc.br/ccsm/vancouver.html (versão traduzida em português).

Os títulos de periódicos devem ser referidos abreviados, de acordo com o Index medicus: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/sites/entrez?db=journals. Para abreviatura dos títulos de periódicos nacionais e latino-americanos, consultar o site: http://portal.revistas.bvs.br eliminando os pontos da abreviatura, com exceção do último ponto para separar do ano.

Na lista de referências, estas devem estar numeradas consecutivamente, conforme a ordem que forem mencionadas. O(s) autor(es) são referenciados pelo sobrenome, seguido do(s) nome(s) abreviados e sem o ponto. Caso o documento possua mais que seis autores, citar os seis primeiros seguidos da expressão et al. Não serão aceitadas referências de fim de página ou nota de rodapé.

Exemplos de referências:

  • Livro

Murray PR, Rosenthal KS, Kobayashi GS, Pfaller MA. Medical microbiology. 4ª edition. St. Louis: Mosby; 2002.

  • Capítulo de Livro

Figueiredo N, Silveira FMM, Neves JC, Magalhães BG, Goes PSA. Avaliação de ações da atenção secundária e terciária em saúde bucal. In: Goes PSA, Moysés SJ, organizadores. Planejamento, gestão e avaliação em saúde bucal. São Paulo: Artes Médicas; 2012. p. 195-209.

  • Artigo apresentado em conferência

Christensen S, Oppacher F. An analysis of Koza's computational effort statistic for genetic programming. In: Foster JA, Lutton E, Miller J, Ryan C, Tettamanzi AG, editors. Genetic programming. EuroGP 2002: Proceedings of the 5th European Conference on Genetic Programming; 2002 Apr 3-5; Kinsdale, Ireland. Berlin: Springer; 2002. p. 182-91.

  • Artigo de periódico

Schwartz B. The evolving relationship between specialists and general dentists: practical and ethical challenges. J Am Coll Dent. 2007;74(1):22-6.

  • Artigo de periódico on-line

Ferreira JBB, Borges MJG, Santos LL, Forster AC. Internações por condições sensíveis à atenção primária à saúde em uma região de saúde paulista, 2008 a 2010. Epidemiol Serv Saude [Internet]. 2014 [citado em 2019 Out 8];23(1):45-56. Disponível em: http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-49742014000100005&lng=en.

  • Página na internet

World Health Organization (WHO). WHO global consultation on violence and health [Internet]. Geneva: WHO; 1996 [citado em 2018 Dez 29]. Disponível em: https://www.who.int/violence_injury_prevention/violence/world_report/en/introduction.pdf.

ILUSTRAÇÕES: devem ser até o máximo de 5 (cinco), sendo que considera-se como ilustrações gráficos, quadros e tabelas. Devem ser apresentadas em preto e branco, com os seus títulos na parte superior, sem espaçamento, alinhado à esquerda e devem ser numeradas consecutivamente. A legenda deve constar na parte inferior, em fonte 11, alinhado à esquerda. Devem ser construídas para sua reprodução direta sempre que possível. No corpo das tabelas, não utilizar linhas verticais nem horizontais; os quadros devem ser fechados. As ilustrações devem estar referenciadas no texto da seguinte forma: Figura 1, Quadro 1, Gráfico 1. A fonte das tabelas e gráficos realizados pelos autores deve ser indicada com o termo: Elaborado pelos autores (ano).

AGRADECIMENTOS: devem ser breves e objetivos, reservados às pessoas que prestaram ajuda técnica, mas que não foram caracterizados como coautoras, ou instituições financiadoras e de apoio de outros recursos.

O autor pode baixar um template de artigo clicando aqui.

 

PROCESSO DE JULGAMENTO DOS MANUSCRITOS

Os trabalhos enviados serão submetidos a uma primeira análise por parte do Comitê de editoração para verificação da contribuição à linha editorial e se este se adequa às instruções estabelecidas neste documento. Pode-se inclusive, nesta fase, ser requerido aos autores que se façam modificações em prazo estabelecido. A decisão da análise será comunicada aos autores.

Posteriormente, a avaliação do artigo é realizada pelo sistema peer review, quando membros do conselho editorial ou ad-hoc e convidados pela comissão de editoração avaliam o mérito do manuscrito. Serão enviados trabalhos para dois pareceristas e, após o recebimento das avaliações, o editor decidirá pelo prosseguimento da submissão, que pode ser: aceitação do artigo para publicação, reenvio ao autor para reformulação ou rejeição justificada aos autores. Será estabelecido prazo para que os trabalhos que necessitem de reformulação sejam reenviados via sistema de editoração, caso contrário, a submissão será arquivada. Caso haja interesse, os autores que tiverem seus trabalhos rejeitados poderão submeter o artigo novamente em edição posterior, após realizar as reformulações requeridas, iniciando novo processo de submissão. Caso o número de trabalhos aprovados exceda o número de artigos para uma edição, os artigos excedentes serão publicados em edição posterior.

Além das normas, a avaliação terá como critérios: atualidade, originalidade e relevância do tema, consistência científica e respeito às normas éticas.

 

PROVA

O autor receberá em formato .pdf a prova final para publicação, em que apenas correções formais podem ser realizadas. O prazo para essa revisão é de 48 horas.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.