Telessaúde e Covid-19: experiências da enfermagem e psicologia em Foz do Iguaçu

EXPERIÊNCIAS DA ENFERMAGEM E PSICOLOGIA EM FOZ DO IGUAÇU

Palavras-chave: Telessaúde. Enfermagem. Psicologia.

Resumo

Introdução: A pandemia do novo coronavírus, mostrou a necessidade da utilização de meios tecnológicos no exercício das atividades que envolvem atenção à saúde. Nesse sentido, o objetivo é relatar o desenvolvimento e a aplicabilidade de uma Central de Telessaúde com intervenções de Enfermagem e Psicologia. Método: Estudo descritivo do tipo relato de experiência desenvolvido pelo projeto de extensão intitulado Contribuição das ações de extensão da Unioeste no combate a pandemia do Covid-19 nas Regiões Oeste e Sudeste do Paraná, no município de Foz do Iguaçu. Resultados e Discussão: As intervenções realizadas, permitiram o acompanhamento dos pacientes mediante atendimento telefônico, momento em que eram realizadas as orientações para manutenção dos cuidados de prevenção e promoção à saúde, bem como encaminhamento para outros serviços de referência. Conclusão: A experiência vivenciada nos possibilitou perceber que é possível prestar atendimento multiprofissional mediante uso de tecnologias diversas, para evitar maiores agravos na saúde da população.

Referências

1. Maldonado Jose Manuel Santos de Varge, Marques Alexandre Barbosa, Cruz Antonio. Telemedicina: desafios à sua difusão no Brasil. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2016 [citado em 2020 jul 10]; 32(Suppl 2): e00155615. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2016001402005&lng=en.
2. Brasil Telemedicina. Telemedicina é liberada para apoio ao combate do Coronavírus [internet]. São Paulo, 2020. [citado em 2020 abr 3]. Disponível em: https://brasiltelemedicina.com.br/noticia/telemedicina-liberada-para-apoio-ao-combate-do-coronavirus/.
3. Piropo Thiago Gonçalves do Nascimento, Amaral Helena Oliveira Salomão do. Telessaúde, contextos e implicações no cenário baiano. Saúde debate [Internet]. 2015 Mar [citado em 2020 Jul 10]; 39(104): 279-287. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010311042015000100279&lng=en.
4. Silva AB, Moraes IHS. O caso da Rede Universitária de Telemedicina: análise da entrada da telessaúde na agenda política brasileira. Physis (Rio J.) 2012; 22:1211-35.
5. Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo. Parecer COREN-SP 038/2019, 2 de dezembro de 2019. Realização de Telenfermagem pelos profissionais de enfermagem. Diário Oficial da União, 2019.
6. Ministério da Saúde. Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus). OPAS Brasil; 2020.
7. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Nota técnica gvims/ggtes/anvisa nº 04/2020 - Orientações para serviços de saúde: medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus (sars-cov-2) [internet]. ANVISA; 2020. [citado em 2020 mai 08]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33852/271858/Nota+T%C3%A9cnica+n+04-2020+GVIMS-GGTES-ANVISA/ab598660-3de4-4f14-8e6f-b9341c196b28.
8. Conselho Regional de Psicologia do Paraná. Nota Técnica CRP-PR n° 001/2020, de 20 de março de 2020. Orienta a(o) Psicóloga(o) sobre o atendimento psicológico nas políticas públicas e instituições privadas, diante da pandemia do COVID-19. Diário Oficial da União 2020.
9. Conselho Federal de Enfermagem. Resolução COFEN n° 634/2020 de 26 de março de 2020. Autoriza e normatiza teleconsulta de enfermagem como forma de combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Diário Oficial da União 2020.
10. International Council of Nurses (ICN) (2007). International Competencies for Telenursing. Geneva Switzerland: International Council of Nurses.
11. Cabral ERM, Melo MC, Cesar ID, Oliveira REM, Bastos TF, Machado LO, et al. Contribuições e desafios da Atenção Primária à Saúde frente à pandemia de COVID-19. InterAm J Med Health 2020;3:e202003012.
12. Melo MCB, Silva EMS. Aspectos conceituais em telessaúde. In: Santos AF, Souza C, Santos SF, Alves HJ, organizadores. Telessaúde: um instrumento de suporte assistencial e educação permanente. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais [Internet]. 2006. [citado em 2009 agos 21]. Disponível em: https://scielosp.org/article/rpsp/2010.v28n1/58-65/
13. Wen Chao Lung. Telemedicina e Telessaúde - Uma abordagem sob a visão de estratégia de saúde apoiada por tecnologia. Atualidades Brasileiras em Telemedicina e Telesaúde. 2006; 2 n. 1 3-5.
14. Barbosa Ingrid de Almeida, Silva Maria Júlia Paes da. Cuidado de enfermagem por telessaúde: qual a influência da distância na comunicação? Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2017 Out [citado em 2020 jul 10]; 70(5): 928-934. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003471672017000500928&lng=en.
Publicado
2020-12-21