A assistência farmacêutica em um hospital exclusivo para atendimentos a pacientes com COVID-19

Palavras-chave: COVID-19, Assistência Farmacêutica, Administração Farmacêutica, Serviço de Farmácia Hospitalar

Resumo

A doença respiratória aguda causada pelo novo coronavírus de 2019 (COVID-19) é uma das maiores ameaças à saúde pública do último século. Em junho de 2020, foi aberto em Curitiba (Paraná, Brasil) um hospital exclusivo para atendimentos a pacientes com COVID-19 que atendeu 4116 pacientes até setembro de 2021. Nesse contexto, os desafios encontrados pela Assistência Farmacêutica foram da escassez de medicamentos e materiais médico-hospitalares à imprevisibilidade de consumo dos insumos. Diversas estratégias foram implementadas no enfrentamento destes obstáculos, como o monitoramento dos itens em falta, medidas de controle para diminuição de consumo de insumos, protocolos de substituição, criação de cotas de materiais por unidade de internação, dispensação de kits e análise minuciosa das prescrições. Assim, este relato descreve as estratégias utilizadas para contornar os desafios encontrados na pandemia da COVID-19, para ser útil a outros profissionais da área que se defrontem com um cenário epidemiológico semelhante.

Biografia do Autor

Fernanda Oliveira Hipolito, Fundação Estatal de Atenção em Saúde

Coordenadora de Farmácia. Especialista em Farmacologia; Gestão Pública e Qualidade e Segurança no cuidado ao paciente. Fundação Estatal de Atenção em Saúde, Curitiba, Paraná.

Laís Salvador Schlichta, Fundação Estatal de Atenção em Saúde

Farmacêutica. Mestranda em Ciências Farmacêuticas. Fundação Estatal de Atenção em Saúde, Curitiba, Paraná.

Deise Sueli Pietro Caputo, Fundação Estatal de Atenção em Saúde

Diretora Administrativa. Especialista em Atenção Farmacêutica. Fundação Estatal de Atenção em Saúde, Curitiba, Paraná.

Bruno Henrique Mello, Fundação Estatal de Atenção em Saúde

Gerente Assistencial. Mestre em Enfermagem. Fundação Estatal de Atenção em Saúde, Curitiba, Paraná.

Tatiane Correa Silva Filipak, Fundação Estatal de Atenção em Saúde

Diretora de Atenção à Saúde. Especialista em endocrinologia, MBA executivo em saúde. Fundação Estatal de Atenção em Saúde Curitiba, Paraná.

Referências

1. Organização Mundial da Saúde. A year without precedent: WHO’s COVID-19 response [Internet]. 2020 [citado 15 de setembro de 2021]. Disponível em: https://www.who.int/news-room/spotlight/a-year-without-precedent-who-s-covid-19-response
2. Organização Mundial da Saúde. Coronavirus disease (COVID-19) [Internet]. 2021 [citado 15 de setembro de 2021]. Disponível em: https://www.who.int/health-topics/coronavirus#tab=tab_1
3. Organização Mundial da Saúde. WHO Coronavirus (COVID-19) Dashboard [Internet]. 2021 [citado 15 de setembro de 2021]. Disponível em: https://covid19.who.int/
4. Hua X, Gu M, Zeng F, Hu H, Zhou T, Zhang Y, et al. Pharmacy administration and pharmaceutical care practice in a module hospital during the COVID-19 epidemic. J Am Pharm Assoc (2003). 2020;60(3):431-438.e1. Disponível em: https://www.japha.org/article/S1544-3191(20)30153-9/fulltext
5. Conselho Nacional de Saúde (Brasil). Resolução No 338, de 06 de maio de 2004 [Internet]. Brasília; 2004. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2004/res0338_06_05_2004.html
6. Sami SA, Marma KKS, Chakraborty A, Singha T, Rakib A, Uddin MG, et al. A comprehensive review on global contributions and recognition of pharmacy professionals amidst COVID-19 pandemic: moving from present to future. Futur J Pharm Sci [Internet]. dezembro de 2021 [citado 23 de setembro de 2021];7(1). Disponível em: /pmc/articles/PMC8195448/
7. Mallhi TH, Liaqat A, Abid A, Khan YH, Alotaibi NH, Alzarea AI, et al. Multilevel Engagements of Pharmacists During the COVID-19 Pandemic: The Way Forward. Vol. 8, Frontiers in Public Health. Frontiers; 2020. p. 726. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7753011/
8. Parreiras Martins MA, Fonseca de Medeiros A, Dias Carneiro de Almeida C, Moreira Reis AM. Preparedness of pharmacists to respond to the emergency of the COVID-19 pandemic in Brazil: a comprehensive overview. Drugs Ther Perspect [Internet]. 2020;36(10):455–62. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s40267-020-00761-7
9. Brasil. Assistência farmacêutica na atenção básica: instruções técnicas para sua organização. Ministério da Saúde. 2006. 100 p. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cd03_15.pdf
10. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Brasil). Resolução RDC no 483, de 19 de Março de 2021. Requisitos para a importação de dispositivos médicos novos e medicamentos identificados como prioritários para uso em serviços de saúde, em virtude da emergência de saúde pública internacional relacionada ao SARS-CoV-2. Diário Oficial da União 19 mar 2021;Seção 1. Disponível em: http://antigo.anvisa.gov.br/documents/10181/6245812/RDC_483_2021_.pdf/b56d6659-d848-4904-a601-301179ed63f0
11. Tracur (besilato de atracúrio). [Bula]. São Paulo: Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Disponível em: https://www.cristalia.com.br/arquivos_medicamentos/175/Bula_Tracur_sol.inj.10mg.mL_PS.pdf
12. Rocuron (brometo de rocurônio). [Bula]. São Paulo: Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Disponível em: https://www.cristalia.com.br/arquivos_medicamentos/152/Rocuron_BulaPaciente.pdf
13. Brometo de Rocurônio. [Bula]. São Paulo: Fresenius Kabi. Disponível em: https://www.fresenius-kabi.com/br/documents/Rotulagem_Brometo_Rocuronio.pdf
14. Brometo de Rocurônio. [Bula]. Índia: Mylan. 2021. Disponível em: https://www.viatris.com.br/-/media/project/common/viatriscombr/pdf/leaflets_legacy_myl_brazil/brometo_de_rocuronio_bula_paciente.pdf
15. Miasso AI, Grou CR, Cassiani SHB, Silva AEBC, Fakih FT. Erros de medicação: tipos, fatores causais e providênclas tomadas em quatro hospitais brasileiros. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2006;40(4):524–32. Disponível em: http://www.scielo.br/j/reeusp/a/D8nKpL3rZYrB4KhpPnmL78L/abstract/?lang=pt
16. Pote S, Tiwari P, D’Cruz S. Medication prescribing errors in a public teaching hospital in India: A prospective study. Pharm Pract (Granada) [Internet]. 2007;5(1):17–20. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25214913/
17. Silva AMS. Inpatient’s medical prescription errors. Einstein. 2009;7(3):290–4. Disponível em: http://apps.einstein.br/revista/arquivos/PDF/1357-Einstein%20v7n3p290-4.pdf
Publicado
2023-06-30
Como Citar
1.
Hipolito FO, Schlichta LS, Caputo DSP, Mello BH, Filipak TCS. A assistência farmacêutica em um hospital exclusivo para atendimentos a pacientes com COVID-19. Revista de Saúde Pública do Paraná [Internet]. 30jun.2023 [citado 15abr.2024];6(2):1-7. Available from: http://revista.escoladesaude.pr.gov.br/index.php/rspp/article/view/748
Seção
Relatos de Experiência